24 de outubro de 2019

15 maneiras de como reduzir custos de combustível na frota definitivamente!

Como reduzir custos de combustível na sua frota definitivamente!

Todo gestor de frota sempre tem como uma de suas missões reduzir custos de combustível de sua empresa.

E isso não é por acaso. Os gastos com combustíveis representam em média 38% do custo logístico atual, segundo estudo da ESALQ-LOG da USP.

Como todo negócio que depende de ativos de alto valor e com altos custos operacionais, as margens de lucro costumam ser pequenas e qualquer desperdício em custos representativos podem tornar uma operação lucrativa em prejuízos.

Abaixo cito as principais maneiras simples e rápidas para contribuir com a redução dos custos de combustível.

1. Reduza tempos de motor ocioso

Toda vez que seu veículo fica com motor ligado e parado, sem necessidade, você está gastando combustível e dinheiro, sem estar recebendo por isso!

A American Trucking Associations  estima que uma hora de motor ocioso por dia, durante um ano, equivale a 40 mil quilômetros em desgastes de motor.

De acordo com pesquisas da agência americana de proteção ao meio ambiente, U.S. Environmental Protection Agency (EPA), um veículo comercial típico pode gastar até 1,3 litro por hora de motor ocioso.

Imagine agora um roteiro com 30 destinos, onde seu veículo faz 2 minutos de motor ocioso na chegada e saída do local, totalizando 4 minutos.

Isso significa 120 minutos ou 2 horas por dia, sendo 252 dias úteis por ano, totalizam: 504 horas por veículo por ano!

504 horas x 1,3 litros por hora, são 655 litros que CADA veículo seu pode chegar a desperdiçar por ano!

Multiplique isso pelo tamanho de sua frota e custo de combustível e você começa a ter uma boa ideia do tamanho do custo.

Seu motorista pode estar buscando conforto, como ar condicionado ligado ou simplesmente não tem o treinamento sobre o impacto para a empresa desse comportamento.

Uma boa solução de rastreamento GPS com certeza tem como detectar o estado da ignição e identificar tempo excessivo de motor ocioso, ajudando você a reduzir bastante os tempos de motor ociosos na frota.


2. Reduza velocidade de seus veículos

Reduzir a velocidade de viagem de 120 Km/h para 90 km/h pode fazer sua autonomia subir em até 20%, de 100 km/h para 90 km/h representa uma economia média de 10% a 15%.

A Natural Resources, uma agência governamental do Canada coloca a velocidade ideal em patamares ainda mais baixos, 50 km/h e 80 km/h, para que se obtenha a máxima eficiência energética.

autonomia
Comparativo de autonomia e velocidade

Fonte: Estatísticas da fueleconomy.gov . E

3. Mantenha o pedal de aceleração constante

Manter o pedal de aceleração constante também ajuda seu motor operar de forma mais eficiente e econômica.

Um estudo conduzido no Japão mostrou que mesmo pequenas variações no acelerador causaram aumento do consumo entre 20 a 48%.

Quando estiver viajando em estradas com subidas e descidas, deixe seu veículo desacelerar nas subidas e acelerar nas descidas naturalmente.

4. Evite excessos de RPM

RPM significa rotações por minuto, do seu motor. Sempre que o motorista demora demais para fazer as trocas de marcha, causa um excesso de rotações, forçando motor e aumentando consumo.

Temos um bom artigo que explica como reduzir excessos de giro de motor passo a passo neste link

5.Treine seus motoristas

Treinar seus motoristas tem papel crucial para corrigir os vícios e melhorar o padrão de condução.

Já imaginou em uma indústria se um operador de maquina é colocado para trabalhar sem treinamento? A chance de acidente, quebras e custos não esperados são altas!

Com o veículo é a mesma coisa. É um equipamento na mão de um operador e é importante que ele esteja bem treinado.

O treinamento é um dos investimentos mais baratos e que trazem maior resultado que um gestor de frota pode fazer.

6. Compare o consumo de combustível com informado pelo fabricante

Você sabe qual a autonomia exata de seus veículos?

Manter controle de autonomia é o primeiro passo para comparar o que se espera de consumo informado pelo fabricante e o que realmente está acontecendo em campo , ajudando a identificar veículos com possíveis problemas e que estão elevando os custos da empresa!

7. Compare custos de combustível entre os veículos da frota

Você sabe quais marcas, modelos e ano de fabricação são os mais eficientes na sua frota?

Fabricantes, modelos e veículos podem ter eficiência diferentes em situações diferentes (rodoviário x urbano).

Poder comparar as autonomias permite você escolher quais são os ideias para seu tipo de operação, reduzindo seu custo de combustível no médio e longo prazo conforme acontece a renovação de sua frota.

8. Evite o excesso de peso

Quanto mais peso, mais potência você precisa para realizar o deslocamento

Toda vez que você está com alguma carga desnecessária embarcada, está naturalmente exigindo mais do seu motor e portanto, consumindo mais combustível.

9. Mantenha manutenções preventivas em dia

A falta de manutenção preventiva pode fazer o consumo aumentar em até 50%

Temos um artigo que lista os principais ítens da mecânica do veículo, que são verificados na manutenção preventiva e que afetam o consumo de combustível e autonomia dos veículos da frota.

10. Cheque sempre a pressão dos pneus

Pneus abaixo da pressão ideal podem aumentar o consumo de combustível em até 6%!

Cheque a pressão dos pneus da frota regularmente, sendo ao menos uma vez por mês com os pneus frios (antes dos veículos serem conduzidos)

Em média pneus perdem 1 PSI de pressão por mês e 1 PSI para cada queda de 10 graus na temperatura.

Sempre consulte a informação do fabricante para a pressão ideal.

11. Roteirize os trajetos diários

Se quem define a ordem e as rotas na programação do dia são seus motoristas é muito provável que você esteja gastante até 25% a mais do que poderia, se usasse uma solução de roteirização.

A roteirização reduz a quantidade de quilômetros necessárias para se cumprir um roteiro e menos quilômetros significa menos custos com combustível!

12. Cheque a procedência do combustível

Um dos sintomas de combustível adulterado é a queda na autonomia, dentre outras falhas.

Desconfie de preços muito abaixo do mercado e sempre que for comprar de um novo fornecedor, teste antes utilizando em apenas uma pequena parte da frota até ter certeza que o seu combustível é de qualidade.

13. Centralize as compras e renegocie com seus fornecedores

Você sabe quanto sua frota consome de combustível em um ano inteiro?

Calcule este número e utilize ele para renegociar com fornecedores atuais e novos fornecedores.

Fica mais provável que você tenha um volume alto suficiente para conseguir desconto e reduzir seus custos de combustível.

14. Melhore a aerodinamica

Quanto maior a velocidade e porte do veículo, mais importante fica melhorar a aerodinâmica para reduzir seus custos de combustível.

Retirar elementos desnecessários e usar defletores para melhorar aerodinâmica podem economizar de 3 a 5% no custos de combustível.

Se o veículo tem estruturas como hacks ou qualquer coisa que gere resistência, isso vai reduzir sua autonomia.

15. Desligue o ar condicionado

O uso do ar condicionado gera sobrecarga no motor, aumentando o consumo de combustível.

Evite seu uso em dias mais amenos e aproveite para reduzir o custo de combustível!